André Cunha

Niterói, RJ  1971

Aos 18 anos iniciou sua carreira como fotógrafo editorial, após sua graduação abriu seu próprio atelier no Rio de Janeiro, onde atuou com projetos de arte e design. Posteriormente se radicou em São Paulo, onde, desde então desenvolve sua fotografia autoral. Foi um dos selecionados para o evento Caravana Magnum 70 anos, que ocorreu no Festival de Fotografia de Tiradentes e no Rio de Janeiro, gerenciado pela icônica agência Internacional Magnum Photos. Foi também o premiado com a Menção Honrosa no Prêmio Brasil Fotografia 2016, ocorrido em 2017.

Um outro Mundo

“Santuário” é um trabalho iniciado por André Cunha em 2016, com uma família que vive em um vilarejo situado na região Sul do Brasil, imprimindo uma vida incomum diante das imposições de um mundo cada vez mais tecnológico. Esta família segue um modelo analógico de vida, onde o tempo e o espaço são respeitados, além de serem os seus maiores aliados.

De origem alemã, o patriarca chegou ao país em 1994 onde se casou e teve seus quatro filhos. A família subsiste da agricultura, alheia à internet e às comodidades atuais, produzindo seu próprio sustento material e espiritual, calcado em uma vida natural, sustentável e simples, porém repleta de peculiaridades, que podem ser entendidas como reflexos de uma proposta alternativa. A intenção do fotógrafo foi registrar este paradoxo, entre uma atitude desprovida de complexidade, mas repleta do que poderíamos chamar de excentricidade, seja pelo seu visagismo, que foge da estética mais tradicional, seja pelo próprio modo de vida, descartando as benesses que muitos de nós não conseguimos mais viver à margem.

Dentro do universo retratado, onde muitos enxergariam escassez, André enxergou potência e beleza, no básico e criativo cotidiano que, diz o fotógrafo, talvez, a grande maioria de nós tenha perdido. A sensualidade que emana das imagens do dia a dia desta família nos faz pensar no Amor e na Natureza, as duas energias primordiais que deveriam nortear nossa existência.

A nós, que estamos do outro lado, nos cabe assistir enquanto olhamos também ao redor e tentamos adivinhar para onde caminha a humanidade.

EM EXIBIÇÃO | NOTÍCIAS

PUBLICAÇÕES